Entrevista com Hélio Pereira Bicudo

postado em: Entrevistas | 0

Hélio Pereira Bicudo foi um jurista e político. Foi deputado estadual e vice-prefeito da cidade de São Paulo. Ficou famoso ao denunciar os crimes do Esquadrão da Morte em São Paulo. Em 2000, foi empossado como presidente da Comissão Internamericana de Direitos Humanos. Teve papel de destaque na luta contra violações de direitos humanos durante o período da ditadura no Brasil e fez parte da Comissão de Justiça e Paz e da Comissão Teotônio Vilela de Direitos Humanos. Faleceu em 2018.

Entrevista com Dimitri Sales

postado em: Entrevistas | 0

Dimitri Sales explora nesta conversa as ações de enfrentamento a homofobia no Brasil, e particularmente no Estado de São Paulo, sendo uma oportunidade para diagnosticar boas práticas voltadas para a população LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) e problemas relativos ao atendimento desta população pelas ações governamentais no país.

Entrevista com Fernando Afonso Salla

postado em: Entrevistas | 0

Fernando Salla possui graduação em Ciências Políticas e Sociais pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (1975), mestrado (1991) e doutorado (1997) em Sociologia pela Universidade de São Paulo. Atualmente é pesquisador do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo. É também professor do Programa de Mestrado Profissional Adolescente em Conflito com a Lei, da Universidade Anhanguera de São Paulo.

Entrevista com Acácia Maria Maduro Hagen

postado em: Entrevistas | 0

Através de concurso público para o cargo de Historiógrafa, sou servidora estadual desde 1992, tendo trabalhado no Arquivo Público, no Arquivo Histórico e no Museu de Arte do Estado do Rio Grande do Sul. Em janeiro de 2000 vim para a Academia de Polícia Civil, inicialmente para organizar o arquivo da instituição. Atualmente, coordeno a disciplina de Sociologia da Violência e da Criminalidade e desenvolvo, junto com as sociólogas Aida Griza e Letícia Schabbach, atividades de pesquisa na área de sociologia do trabalho de polícia judiciária (essa expressão é de Laurent Mucchielli, achei muito adequada ao nosso enfoque).

Entrevista com Márcia Esteves de Calazans

postado em: Entrevistas | 0

Pesquisadora com o Prêmio CLACSO-Asdi (2010-2012) do Conselho Latino-americano de Ciências Sociais e Agência Sueca de Desenvolvimento Internacional com o projeto: “Mulheres Policiais – Um estudo sobre a participação de mulheres nos quadros das policias ostensivas em países da América Latina: Guatemala, El Salvador, Honduras e Nicarágua.