Reconhecimento facial erra muito, e você deveria se preocupar com isso

Por UOL: “Quando você tem um sistema que comete muitos erros, pessoas inocentes podem ser presas por engano.” Esse é o primeiro de uma longa lista de argumentos do norte-americano Dave Maass contra a tendência mundial no aumento de uso de tecnologias de vigilância por forças policiais.

Número de agentes expulsos da PM do Rio explode em 2018 e cresce 164% em relação ao ano anterior

postado em: Imprensa, Polícia, Segurança Pública | 0

Ao todo, 300 agentes — ou quase um quarto de todos os excluídos desde 2012 — foram expulsos da PM por serem acusados de receber, exigir ou pagar propinas, de serviço ou não. Todos eles foram condenados ou respondem pelos crimes de corrupção ativa, passiva ou concussão. O segundo crime que mais motivou demissões da PM no período analisado é o homicídio: 130 agentes expulsos foram acusados de assassinar alguém.

PCC, Crimes de Estado e a Politização do Crime. Com Bruno Paes Manso e Camila Nunes Dias

Com anos de pesquisas, entrevistas e reportagens, poucas pessoas foram tão fundo no esforço de entender a história, a estrutura e o significado do PCC para o país quanto Bruno e Camila. Mais do que uma facção criminal, os autores descrevem o PCC como um fenômeno complexo e intrinsecamente relacionado com as políticas de segurança pública e penal do Estado de São Paulo.

A violência no Brasil explicada por Sergio Adorno

Entrevista completa: ao ‘Nexo’, sociólogo Sergio Adorno explica as consequências da disseminação da violência na sociedade brasileira e de que maneira ela reforça as desigualdades sociais. Violência e a falta de uma política eficaz de segurança pública estão entre os problemas mais graves enfrentados pelo Brasil hoje. O Professor Titular do Departamento de Sociologia da USP e diretor do NEV (Núcleo de estudos da Violência), Sergio Adorno, fala nesta entrevista ao Nexo a respeito dessas fragilidades e mostra como elas explicitam questões estruturais da sociedade brasileira, incluindo as desigualdade social e a violência praticada pelo próprio Estado.