The violence dynamics in public security: military interventions and police-related deaths in Brazil

postado em: Imprensa, Pesquisadores, Pesquisas e Estudos | 0

Este artigo discute o uso mortal da violência como uma agenda de segurança pública, com foco na letalidade policial e nas intervenções militares. Por meio de uma revisão da literatura para a compreensão de conceitos – como “guerra”, por exemplo – utilizados nas agendas das políticas de segurança pública, o estudo busca enquadrar a noção de violência política, principalmente no que se refere às políticas de combate à violência no Brasil.

Desmilitarizar ou não desmilitarizar? A visão de um Policial Militar

Por Justificando: A primeira coisa que é importante ressaltar é que não existe somente um tipo de instituição militarizada. A polícia militar do interior da França possui um militarismo diferente do militarismo das polícias do Brasil, que é diferente do militarismo do exército brasileiro, que é diferente do militarismo da China Maoísta, por exemplo.